Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

APROPRIAÇÃO E ACESSIBILIDADE EM UMA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS

APROPRIATION AND ACCESSIBILITY IN A LONG-TERM CARE INSTITUTION FOR THE ELDERLY

PEDROSO, Emmanuel Sá Resende; SANTANA, Ethel Pinheiro;

Artigo:

Conceber um ambiente acessível constitui o mesmo que torná-lo passível de apropriação? O enlace afetivo entre o indivíduo e o espaço pressupõe a sua condição acessível? Discutir essas questões, no ambiente de uma Instituição de Longa Permanência para Idosos, é o objetivo geral deste estudo. Para tanto, foram adotados como métodos a documentação indireta, a documentação direta e a observação participante. Por conseguinte, chegou-se a ponderações sobre a relação identidade/acessibilidade que podem embasar ações e novas reflexões aplicadas à moradia coletiva institucional da pessoa idosa no Brasil.

Artigo:

Does conceiving an accessible environment constitute the same as rendering it liable to appropriation? Does the affective bond between the individual and the environment presume its accessible condition? Discussing these issues, in the environment of a Long-Term Care Institution for the Elderly, is the general goal of this study. In order to do so, indirect documentation, direct documentation and participative observation methods were adopted. Consequently, weightings were reached on the relationship between identity and accessibility which can base actions and new reflections applied to institutional collective housing to the elderly in Brazil.

Palavras-chave: Apropriação, Acessibilidade, Instituição de Longa Permanência para Idosos., Apropriation,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/15ergodesign-13-E103

Referências bibliográficas
  • [1] AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (ANVISA). Resolução da Diretoria Colegiada nº 283, de 26 de setembro de 2005. Regulamento técnico para funcionamento das Instituições de Longa Permanência para Idosos. Brasília: ANVISA, 2005.
  • [2] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 9050: Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. 2004. Rio de Janeiro: ABNT, 2004.
  • [3] AUGÉ, Marc. O sentido dos outros: atualidade da antropologia. Tradução: Francisco da Rocha Filho. Petrópolis: Vozes, 1999.
  • [4] BRASIL. Leis. Lei n° 8.842 jan. 199 Dispõe sobre a política nacional do idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras providências. Diário Oficial, Brasília, 5 jan. 199
  • [5] ______. Leis. Lei n° 10.741 out. 2003. Dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências. Diário Oficial, Brasília, 3 out. 2003.
  • [6] ______. PORTARIA Nº 73, DE 2001. Normas de Funcionamento de Serviços de Atenção ao Idoso no Brasil. Secretaria de Políticas de Assistência Social. Departamento de Desenvolvimento da Política de Assistência Social. Gerência de Atenção à Pessoa Idosa. Diário Oficial da União, Brasília, 2001.
  • [7] COHEN, Regina; DUARTE, Cristiane Rose de Siqueira. Subsídios metodológicos na construção de uma “acessibilidade plena”: a produção da identidade e da subjetividade de pessoas com deficiência. Rio de Janeiro: Instituto Benjamin Constant, 2013.
  • [8] DEL RIO, Vicente; DUARTE, Cristiane Rose; RHEINGANTZ, Paulo Afonso (Orgs.) Projeto do lugar: colaboração entre psicologia, arquitetura e urbanismo. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria / PROARQ, 2002.
  • [9] DEL RIO, Vicente; OLIVEIRA, Lívia de (Orgs.). Percepção ambiental: a experiência brasileira. 2ª ed. São Paulo:
  • [10] Studio Nobel, 1999. DISCHINGER, Marta; ELY, BINS ELY, Vera Helena Moro; DAUFENBACH, Karine. Acessibilidade em áreas públicas. In: VI ENEPEA, Encontro Nacional de Ensino de Paisagismo em Escolas de Arquitetura e Urbanismo, 2002, Recife. Caderno de Resumos do VI ENEPEA, 2002.
  • [11] HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Editora Centauro, 2004.
  • [12] HUNT, M. E. The Design of Supportive Environments for Older People. In: Congregate Housing for the elderly. Haworth Press, 1991.
  • [13] INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA/IBGE. Censo Demográfico 2010. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/default.shtm Acesso em: 19 de junho de 2014.
  • [14] ITTELSON, William H.; PROSHANSKY, Harold M.; RIVLIN, Leanne G.; WINKEL, Gary H. An introduction to Environmental Psychology. New York: Holt, Rinehart and Winston, Inc.,1974.
  • [15] NETO, M. M. C. (org.) Atenção à Saúde do Idoso – Instabilidade postural e queda. Caderno 4. Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde. Departamento de Atenção Básica. Edição, informação e distribuição Ministério da saúde. 1ª edição. 40 p. Brasília, 2000.
  • [16] NERI, Anita Liberalesso. O curso do desenvolvimento intelectual na vida adulta e na velhice. Pág. 900 a 913. In: FREITAS, E. V.; PY, L.; NERI, A. L; CANÇADO, F. A. X.; GORGONI, M. L.; ROCHA, S. M. Tratado de geriatria e gerontologia. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2002. ISBN: 8527707497. 1187 p.
  • [17] OLIVEIRA, Aila Seguin Dias Aguiar de. Acessibilidade espacial em centro cultural: estudo de casos. 213 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Curso de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.
  • [18] PAPALEÓ NETTO, Matheus. O estudo da velhice no século XX: histórico, definição do campo e termos básicos. Pág. 2 a 12. In: FREITAS, E. V.; PY, L.; NERI, A. L; CANÇADO, F. A. X.; GORGONI, M. L.; ROCHA, S. M. Tratado de geriatria e gerontologia. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2002. ISBN: 8527707497. 1187 p.
  • [19] PENNA, Antonio Gomes. Percepção e realidade: introdução ao estudo da atividade perceptiva. Rio de Janeiro: Mercúrio Star Ltda, 1982.
  • [20] SOMMER, R. Espaço pessoal. São Paulo: Editora Pedagógica Universitária, 1973.
  • [21] STEA, David. Espacio, território y movimientos humanos. In: PROSHANSKY, Harold M.; ITTELSON, William H.; RIVLIN, Leanne G. Psicologia ambiental. El hombre y su entorno físico. Cidade do México: Editorial Trillas, 1978.
  • [22] TUAN, Yi-fu. Espaço e lugar: a perspectiva da experiência. Tradução Lívia de Oliveira. Londrina: Eduel, 2013.
  • [23] TUAN, Yi-fu. Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. Tradução Lívia de Oliveira. Londrina: Eduel, 2012.
Como citar:

PEDROSO, Emmanuel Sá Resende; SANTANA, Ethel Pinheiro; "APROPRIAÇÃO E ACESSIBILIDADE EM UMA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS", p. 80-90 . In: Anais do 15º Ergodesign & Usihc [=Blucher Design Proceedings, vol. 2, num. 1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/15ergodesign-13-E103

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações