Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

APLICABILIDADE DA METODOLOGIA CLÁSSICA PARA DETERMINAÇÃO DO COMPORTAMENTO DO FLUXO DE CALOR EM CHAPAS SOLDADAS COM DIFERENTES ESPESSURAS ATRAVÉS DAS TAXAS DE RESFRIAMENTO SIMULADAS NUMERICAMENTE

APPLICABILITY OF CLASSICAL METHODS FOR DETERMINING THE HEAT FLOW BEHAVIOR IN WELDED PLATES WITH DIFFERENT THICKNESS THROUGH THE COOLING RATES NUMERICALLY SIMULATED

Cruz Neto, Rubelmar Maia de Azevedo; Alves, Antonio do Nascimento Silva; Batista, Ferreira Dario Magno; Brandi, Sérgio Duarte;

Artigo Completo:

Em processos de soldagem é essencial a obtenção do comportamento do fluxo de calor em chapas, isto é, se este é bidimensional (2D) ou tridimensional (3D), para um determinado conjunto de parâmetros de soldagem (tensão, corrente, velocidade de soldagem e etc). Em alguns casos, um fluxo de calor 3D não é desejável, porque proporciona taxas de resfriamento máximas na região da junta soldada, induzindo a transformações de fases indesejadas. No livro Welding Handbook é apresentada uma metodologia para se determinar o comportamento do fluxo de calor, onde se obtém o valor de um parâmetro adimensional. Dependendo do intervalo onde este se apresenta, pode-se definir se o fluxo é 2D ou 3D. O objetivo deste trabalho é averiguar se este método, amplamente utilizado em aplicações industriais, por sua simplicidade e rapidez, pode ser utilizado para diferentes condições de soldagem. Foram obtidos campos de temperatura e taxas de resfriamento, através do modelo de Rosenthal para uma chapa semi-infinita de espessura finita em regime quase-estacionário. Os resultados obtidos através de simulações computacionais indicam que esta metodologia clássica nem sempre fornece informações precisas acerca do comportamento do fluxo de calor em chapas soldadas.

Artigo Completo:

In welding processes is essential to obtain the heat flow behavior in plates, i.e., if it is two-dimensional (2D) or three-dimensional (3D) for a given set of welding parameters (voltage, current, welding speed, etc.). In some cases, 3D heat flow is not desirable, because it provides maximum cooling rates in the weld zone, inducing undesired phase transformations. In the book Welding Handbook a method is presented to determine the heat flow behavior, where the dimensionless parameter value is given. Depending on the range where it presents we can determine whether the flow is 2D or 3D. The objective of this study is to investigate if this method, widely used in industrial applications due to its simplicity and speed, can be used for different welding conditions. Temperature distribution and cooling rates are obtained by Rosenthal method to a semi-infinite plate of finite thickness in a quasi-stationary state. The results obtained through computer simulations indicate that this classical approach doesn''t always provide accurate information about the heat flow behavior in welded plates.

Palavras-chave: soldagem , simulação numérica, transferência de calor, taxas de resfriamento, welding, numerical simulation, heat transfer, cooling rates,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/mathpro-cnmai-0098

Referências bibliográficas
  • [1] American Welding Society. 200 Welding Handbook. 9. Edição: Cynthia L. Jenney e Annette O''Brien. Vol. Miami, Florida.
  • [2] Adams,C. M. Jr. 1958. Cooling Rates and Peak Temperatures in Fusion Welding. Welding Journal, 37(5), 210-215. Christensen, N., Davies, V. L., Gjermundsen, K. 1965. Distribution of temperatures in arc welding. Britsh Welding Journal, 54-75
  • [3] Grong, Oisten. 1997. Metallurgical Modelling of Welding. 2ª. Trondhein: The University Press.
  • [4] Jhaveri , P., Moffatt, W. G., and Adams, C .M, Jr. 1962. The Effect of Plate Thickness and Radiation on Heat Flow in Welding and Cutting. Welding Journal, 41(1), 12 16.
  • [5] Myhr, O. R., e O. Grong. 1990. Dimensionless maps for heat flow analyses in fusion welding. Acta Metallurgica et Materialia, 449-460.
  • [6] Perret, W., Schwenk, C., Rethmeier, M. 2010. Comparison of analytical and numerical welding temperature field calculation. Computational Materials Science, 47, 1005 1015.
  • [7] Rosenthal, D. 1941. Mathematical Theory of Heat Distribution during Welding and Cutting. Welding Journal, 20(5), 220–234.
  • [8] Signes, E. G. 1972. A Simplified Method for Calculating Cooling Rates in Mild and Low Alloy Steel Weld Metals. Welding Journal, 172, 473-484.
  • [9] Wainer, Emílio, Sérgio Duarte Brandi, e Fábio Decourt Homem Mello. Soldagem: Processo e Metalurgia. São Paulo: Edgard Blücher Ltda., 1992.
Como citar:

Cruz Neto, Rubelmar Maia de Azevedo; Alves, Antonio do Nascimento Silva; Batista, Ferreira Dario Magno; Brandi, Sérgio Duarte; "APLICABILIDADE DA METODOLOGIA CLÁSSICA PARA DETERMINAÇÃO DO COMPORTAMENTO DO FLUXO DE CALOR EM CHAPAS SOLDADAS COM DIFERENTES ESPESSURAS ATRAVÉS DAS TAXAS DE RESFRIAMENTO SIMULADAS NUMERICAMENTE", p. 562-571 . In: Anais do Congresso Nacional de Matemática Aplicada à Indústria [= Blucher Mathematical Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN em b-reve, DOI 10.5151/mathpro-cnmai-0098

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações