Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

ANÁLISE GLOBAL DO AMBIENTE CONSTRUÍDO: ESTUDO DO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA DE UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA

OVERVIEW OF THE BUILT ENVIRONMENT: STUDY OF A PUBLIC INSTITUTION SECURITY DEPARTMENT

FALCÃO, Carlos Henrique Lopes; XIMENES, Carmen Maria Barbieri Nunes; NASCIMENTO, Jorge Olímpio do; MORAIS, Kátia de Souza Correa Matos de; COUCEIRO, Ruth Maria Costa; VILLAROUCO, Vilma Maria;

Artigo:

O presente artigo aborda um estudo realizado no Departamento de Segurança de uma instituição pública, a partir da aplicação da Metodologia Ergonômica para o Ambiente Construído – MEAC, proposta por VILLAROUCO (2007), visando um diagnóstico para a adequação do espaço aos seus usuários e atividades desenvolvidas. Os resultados mostraram as reais necessidades para que o ambiente venha a atender às demandas do grupo de trabalhadores a fim de alcançar os ideais preconizados pelos estudos da Ergonomia, onde o bem estar do homem é o objetivo maior.

Artigo:

This article discusses a study conducted at a Security Department of a public institution, from the application of Ergonomic Methodology for the Built Environment - MEAC proposed by Villarouco (2007), seeking a diagnosis for the adequacy of space to its users and activities developed. The results showed the real needs so that the environment will meet the demands of the group of workers in order to achieve the ideals advocated by the studies of ergonomics, where the welfare of man is the ultimate goal.

Palavras-chave: Ambiente Construído, Ergonomia, MEAC e Acessibilidade., Built Environment, Ergonomics, MEAC and Accessibility.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/15ergodesign-21-E106

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9050 – Acessibilidade a edificações, mobiliário espaços e equipamento urbanos. Rio de Janeiro, 2004.
  • [2] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - NBR 10152: níveis de ruído para conforto acústico. Rio de Janeiro, 1987.4 p.
  • [3] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - NBR 5413: iluminância de interiores. Rio de Janeiro, 1992. 13 p.
  • [4] BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. NR 17 - Ergonomia. Brasília: 2007.
  • [5] IIDA, Itiro. Ergonomia: projeto e produção. 2 ed. rev. e ampl. São Paulo: Blucher, 200 MONT`ALVÃO, Cláudia; VILLAROUCO, Vilma. Um Novo Olhar para o Projeto: a
  • [6] ergonomia no ambiente construído – Teresópolis: 2AB, 2011.
  • [7] MORAES, Anamaria de; MOLT’ALVÃO, Cláudia. Ergonomia: Conceitos e Aplicações. Rio de Janeiro. 2AB, 2009, 4ed. Ampliada.
  • [8] PANERO, Julius; ZELNIK, Martin. Dimensionamento humano para espaços interiores. Editorial Gustavo Gili, 2002. Tradução: Anita Regina Di Marco. 1ª edição, 5ª impressão,
  • [9] 2010.
  • [10] PARSONS, K. The environmental ergonomics surveys. In: WILSON, J.R. (Org). Evaluation of Human Work Third Edition. USA: Taylor Andamp; Francis, 2005.
  • [11] Universidade Federal de Pernambuco. Disponível em : Andlt;https://www.ufpe.br/ssiAndgt; Acesso:
  • [12] 14dez.2014. VILLAROUCO, Vilma. O ambiente está adequado? In: Anais do I Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído, II Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral. Recife, 2007.
Como citar:

FALCÃO, Carlos Henrique Lopes; XIMENES, Carmen Maria Barbieri Nunes; NASCIMENTO, Jorge Olímpio do; MORAIS, Kátia de Souza Correa Matos de; COUCEIRO, Ruth Maria Costa; VILLAROUCO, Vilma Maria; "ANÁLISE GLOBAL DO AMBIENTE CONSTRUÍDO: ESTUDO DO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA DE UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA", p. 115-127 . In: Anais do 15º Ergodesign & Usihc [=Blucher Design Proceedings, vol. 2, num. 1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/15ergodesign-21-E106

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações