Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE ESTRUTURAL ESTÁTICA E OTIMIZAÇÃO GEOMÉTRICA: CONSIDERAÇÕES DA MECÂNICA DOS SÓLIDOS E TOMOGRAFIA VIRTUAL, APLICADA A UM PARA-CHOQUE FRONTAL VEICULAR

Costa, Márcio Lucas Ignácio; Camargo, Roderlei;

Artigo Completo:

O para-choque frontal consiste em uma estrutura composta por uma carenagem, e uma viga de proteção, conectada a estrutura do automóvel, sendo que as duas partes, possuem basicamente a mesma finalidade. A única diferença é que a carenagem, também possui a finalidade estética, porém, ambas possuem como finalidade principal, o objetivo de absorver a energia gerada por impactos a uma baixa velocidade. Este objetivo principal, consta de três propósitos, em que os dois últimos descritos, possuem maior relevância: o primeiro é proteger as partes mecânicas do automóvel, o segundo é proteger os passageiros e o condutor, e o terceiro é prevenir danos ao pedestre em caso de atropelamento menores. Neste sentido, apresenta-se neste trabalho, um estudo de analise estrutural de uma viga de para-choque frontal veicular, confeccionado em Alumínio AL-6061, com espessura de 3mm. A montagem se dá em conjunto com uma espuma confeccionada em polímero expandido, cuja finalidade principal é a de absorver o impacto. A técnica de modelamento, seguida de simulação computacional é a FEA (Finite Element Analysis), em que se obtém os resultados de deslocamento (∆l) e de tensão (σ), a partir de um modelo matemático submetido a uma velocidade de 30 km/h. Considerou-se o peso veicular de 1500 kg, sendo a analise conduzida dentro do intervalo de validação da lei de Hooke. Assim, os resultados matemáticos obtidos, foram correlacionados entre as duas analises, modelo base e modelo otimizado, indicando a melhoria na absorção do impacto, tendo também como referência, a tomografia virtual oriunda da simulação.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/engpro-simea2015-PAP223

Referências bibliográficas
  • [1] Sminkey, L., More Than 270000 Pedestrians Killed on Roads Each Year, World Health Organization, 2013. Disponível em: Andlt;http://www.who.int/mediacentre/news/notes/2013/make_walking_safe_20130502/en/Andgt;. Acesso em 04 mar. 2015
  • [2] GROWTH, General Safety and Pedestrian Safety Stakeholder Meeting, CCAB, Bruxelas, Belgica, 2014. Disponível em: Andlt;http://ec.europa.eu/enterprise/newsroom/cf/itemdetail.cfm?item_id=7803Andgt;. Acesso em 04mar. 2015
  • [3] Bartczak, B., Gierczycka-Zbrozek, D., Gronostajski, Z., Polak, S., Tobota, A., The Use of Thin-Walled Sections for Energy Absorbing Components: A Review, Archives of Civil and Mechanical Engineering, v.10, n.4, 2010, pp. 5-19
  • [4] ARUP, ARUP: A New Pedestrian Lower Legform Model for LS-DYNA, 2003
  • [5] Pahl, G., Beitz, W., Feldhusen, J., Grote, K.-H., Projeto na Engenharia, 1ª ed., Edgard Blücher, São Paulo, 2005
  • [6] Rozenfeld, H., Forcellini, F.A., Amaral, D.C., Toledo, J.C., Silva, S.L., Alliprandini, D.H., Scalice, R.K., Gestão de Desenvolvimento de Produtos: Uma referência para a Melhoria do Processo, Saraiva, São Paulo, 2011
  • [7] Ehrlenspiel, K., Kiewert, A., Lindemann, U., Cost-Efficient Design, ASME Press, ISBN 0-7918-0250-7, New York, 2007
  • [8] Back, N., Ogliari, A., Dias, A., Da Silva, J.C., Projeto Integrado de Produtos: Planejamento, Concepção e Modelagem, ISBN: 9788520422083, Editora Manole, São Paulo, 2008
  • [9] Camargo, R., Topologia de Projeto Robusto aplicando o método dos Elementos Finitos, Revista Ciência e Tecnologia, v. VII, p. 13-29, 2004
  • [10] Timoshenko,S.P., Mecânica dos Sólidos Vol. 1/2, Editora LTC, RJ, 1998
  • [11] Rechnitzer, G., “Design Principles for Underride Guards and Crash Test Results", Notes for SAE Heavy Vehicle Underride Protection TOPTEC, April 15-16 1997, Palm Springs, USA, 1997
  • [12] FEM-UNICAMP, ”Projeto Impacto”. Disponível em: Andlt;http://www.fem.unicamp.br/~impact/forcab.htmAndgt;. Acesso em 05mar. 2015
  • [13] BRASIL, Código de Transito Brasileiro, Art.61, Lei Nº 9.503, 1997
  • [14] MacNeal R., Schwendler, W., MSC/NASTRAN for Window Finite Element Modeling, MacNeal Schwendler Corporation, San Diego / California, 1997
  • [15] Zienkiewicz, O.C., Taylor, R.L., Finite Element Method- Basic Formulation and Linear Problems, Vol.1, McGraw-Hill Co., New York, 1989
  • [16] Oliveira, E.S., Camargo, R., Analise estrutural via metodologia FEA: Estudo de um macaco automotivo, correlacionando o teste físico de um protótipo em laboratório e a simulação virtual, SIMEA, Bluecher Proceedings, São Paulo, 2014
  • [17] Alves Filho, A., Elementos Finitos - A Base da Tecnologia CAE, Editora Erica, São Paulo, 2014
  • [18] Roarke, W.D., Formulas for Stress Andamp; Strain, McGraw-Hill, 2010
Como citar:

Costa, Márcio Lucas Ignácio; Camargo, Roderlei; "ANÁLISE ESTRUTURAL ESTÁTICA E OTIMIZAÇÃO GEOMÉTRICA: CONSIDERAÇÕES DA MECÂNICA DOS SÓLIDOS E TOMOGRAFIA VIRTUAL, APLICADA A UM PARA-CHOQUE FRONTAL VEICULAR", p. 730-750 . In: In Anais do XXIII Simpósio Internacional de Engenharia Automotica - SIMEA 2014 [=Blucher Engineering Proceedings]. São Paulo: Blucher, 2015. . São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/engpro-simea2015-PAP223

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações