Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE DA SECAGEM DE FOLHAS E HASTES DE HORTELÃ EM SECADOR TIPO CESTO ROTATIVO

ROSANOVA, ALINE DE HOLANDA; FERREIRA, MARIA DO CARMO;

Artigo Completo:

Os objetivos do presente trabalho foram analisar a secagem de ramos de hortelã comum no secador de cesto rotativo e avaliar, separadamente, as cinéticas de secagem das frações (folhas e hastes), bem como avaliar a influência da quantidade de material e da temperatura do ar na secagem desses materiais. O secador consiste de um cesto cilíndrico metálico com paredes perfuradas, que rotaciona em torno do eixo horizontal. O ar aquecido é alimentado através das paredes perfuradas, perpendicularmente ao eixo horizontal. Foram realizados experimentos utilizando três temperaturas do ar de secagem (40, 50 e 60 oC), e duas quantidades de material (500 e 750g de hortelã in natura). Durante a secagem, foram avaliadas as características do material (conteúdo de umidade, cor e temperatura), e as temperaturas da parede do cesto, do ar de secagem e do ambiente. Em todas as condições, a remoção de umidade foi mais rápida e a variação da cor maior para as folhas em relação às hastes, e portanto, é interessante que durante o processo seja feita uma análise separada do comportamento das frações que compõem os ramos. Quanto ao processo, a secagem a 60 oC foi mais adequada, pois proporcionou boa movimentação do material, a obtenção de ensaios reprodutíveis e um produto final homogêneo, porém, foi a condição que ocasionou maiores alterações na cor do produto.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/ENEMP2015-SE-343

Referências bibliográficas
  • [1] ANTAL, T.; FIGIEL, A.; KEREKES, B.; SIKOLYA, L. Effect of drying methods on the quality of the essential oil of spearmint leaves (Mentha spicata L.). Drying Technology, v.29, p.1836-1844, 201
  • [2] BUCHAILLOT, A.; CAFFIN, N.; BHANDARI, B. Dying of lemon myrtle (Backhousia citriodora) leaves: Retention of volatiles and color. Drying Technology, v. 27, p. 445-450, 2009.
  • [3] BUENO, C. Casca, talo e sementes são ingredientes saudáveis e gostosos; veja como usá-los. São Paulo, SP, maio/201 Disponível em: Andlt;http://noticias.uol.com.br/Andgt;. Acesso em: 26/03/2015.
  • [4] DOYMAZ, I. Thin-layer drying behaviour of mint leaves. Journal of Food Engineering, v.74, p.370-375, 2006.
  • [5] LIMA, R.A.B. Análise da secagem convectiva de folhas de manjericão (Ocimum basilicum L.). Tese (Doutorado em Eng. Química), UFSCar, São Carlos, 2013.
  • [6] PARK, K. J.; YADO,M. K. M.; BROD, F. P. R. Estudo da secagem de pêra bartlett (Pyrus sp.) em fatias. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v.23, p.288-292, 2001.
  • [7] ROSANOVA, A.H.; FERREIRA. M.C. Secagem de hortelã em secador de cesto rotativo. In: Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 2014, Florianópolis. Anais... Florianópolis, UFSC, 2014, p.1-8.
  • [8] TARHAN, S.; TELCI, I.; TUNCAY, M. T.; POLATCI, H. Product quality and energy consumption when drying peppermint by rotary drum dryer. Industrial Crops and Products, v.32, p.420-427, 2010.
Como citar:

ROSANOVA, ALINE DE HOLANDA; FERREIRA, MARIA DO CARMO; "ANÁLISE DA SECAGEM DE FOLHAS E HASTES DE HORTELÃ EM SECADOR TIPO CESTO ROTATIVO", p. 1444-1453 . In: In Anais do XXXVII Congresso Brasileiro de Sistemas Particulados - ENEMP 2015 [=Blucher Engineering Proceedings]. São Paulo: Blucher, 2015. . São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/ENEMP2015-SE-343

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações