Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE CROMATOGRÁFICA/OLFATOMÉTRICA (CG/O) DE COMPOSTOS VOLÁTEIS DE MEL EXTRAÍDOS POR SPME

RODRIGUES, V. H. S.; XAVIER, V. B.; CASSEL, E.;

Artigo Completo:

O mel é um produto natural obtido a partir do néctar das flores e de excreções de abelhas. Suas propriedades estão diretamente vinculadas à origem botânica do néctar usado, cuja identificação depende de análise microscópica do pólen das flores existentes no mesmo. O presente estudo avalia a possibilidade de classificar o mel por cromatografia gasosa/olfatometria (CG/O), uma técnica híbrida que combina o poder de separação da CG com a seletividade e a sensibilidade específicas do nariz humano. Foram analisados dois tipos de mel: mel de Eucalipto e mel de Quitoco. Para extração dos compostos voláteis foi utilizada a técnica de SPME (Solid-Phase Microextraction), uma técnica de extração de amostras que apresenta vantagens como a economia de tempo e solvente. Para os experimentos foram utilizados 5g de mel, inicialmente à temperatura ambiente. A determinação aromática dos constituintes das amostras foi realizada por seis avaliadores (em triplicata) para aumentar a confiabilidade dos resultados. As análises cromatográficas apresentaram compostos com aromas distintos, a se destacar os aromas: mato/doce/floral atribuído ao composto fenil etil álcool (presente nas duas amostras), doce/morango/mel/floral (composto não identificado do mel de Eucalipto) e citral/nozes/floral (composto não identificado do mel de Quitoco).

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2015-387-34000-264045

Referências bibliográficas
  • [1] DRAVNIEKS A. Atlas of Odor Character Profiles, ASTM: Philadelphia, PA, p.354, 1985.
  • [2] CUEVAS-GLORY, L. F.; PINO, J. A.; SANTIAGO, L. S.; SAURI-DUCH, E. A review of volatile analytical methods for determining the botanical origin of honey. Food Chemistry, v. 103, p. 1032-1043, 2007.
  • [3] GOODNER, K.; ROUSEFF, R. In: Practical Analysis of Flavor and Fragrance Materials. Gas Chromatography/Olfactometry - GC/O. Wiley, p. 69-90, 2011.
  • [4] MANYI-LOH, C. E.; NDIP, N. R.; CLARKE, A. M. Volatile Compounds in Honey: A Review on Their Involvement in Aroma, Botanical Origin Determination and Potencial Biomedical Activities. International Jounal of Molecular Sciences. v. 12, p. 9514-9532, 2011
  • [5] ORLANDO, R. M.; Cordeiro, D. D.; Mathias, A. E. B.; Rezende, K. R.; Gil, E. S. Pré- Tratamento de Amostras. Vita et Sanitas, Trindade/Go, n. 03, p. 122-139, 2009.
  • [6] VAN BAREN, C. M. Composición química y actividades biológicas de una espécie aromática y medicinal de la estepa patagónica con potencial interés industrial: Mulinum spinosum (Cav.) Persoon. Tese de doutorado em Fármacia e Bioquímica. Cátedra de Farmacognosia. Universidade de Buenos Aires. Buenos Aires, 2008.
  • [7] XAVIER, V. B. Investigação sobre compostos voláteis de espécies de Baccharis nativas do Rio Grande do Sul. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Tecnologia de Materiais. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Brasil. Porto Alegre, 2011.
Como citar:

RODRIGUES, V. H. S.; XAVIER, V. B.; CASSEL, E.; "ANÁLISE CROMATOGRÁFICA/OLFATOMÉTRICA (CG/O) DE COMPOSTOS VOLÁTEIS DE MEL EXTRAÍDOS POR SPME", p. 1768-1773 . In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.3]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2015-387-34000-264045

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações