Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE COMPARATIVA DO TEOR DE FLAVONOIDES E DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DE EXTRATOS DE BACCHARIS UNCINELLA OBTIDOS POR EXTRAÇÃO SUPERCRÍTICA E MACERAÇÃO.

Sanvido, M.E.; Scopel, J.M.; Cassel, E.; Lucas, A.M.;

Artigo Completo:

O gênero Baccharis compreende cerca de 500 espécies distribuídas pelo continente americano. Os principais compostos relatados em extratos não voláteis do gênero Baccharis são os compostos fenólicos, dentre eles, os flavonoides e terpênicos. Suas principais propriedades biológicas são as atividades antioxidante, antibacteriana e anti-inflamatória. Neste estudo foram empregadas duas técnicas extrativas: extração supercrítica e maceração seguida de partição líquido-líquido. O objetivo do trabalho foi avaliar a atividade antioxidante e o teor flavonoides no extrato, comparando as amostras oriundas da maceração e da extração supercrítica. Foram utilizadas, como matéria prima, as partes aéreas de Baccharis uncinella para ambas as técnicas de extração. A extração supercrítica foi realizada em temperatura de 60 °C e pressões de 150 e 200 bar. O cossolvente etanol foi adicionado a fim de aumentar a polaridade do sistema e melhorar a seletividade da extração em relação a compostos fenólicos. A extração convencional foi realizada com metanol e a planta foi macerada por 10 dias, posteriormente o mesmo foi particionado com solventes de polaridades diferentes: n-hexano, diclorometano e acetato de etila. Os resultados obtidos indicam que o extrato metanólico particionado com acetato de etila foi o que apresentou a melhor atividade antioxidante (CE50 = 11,80) e maior percentual de flavonoides na fração (5,28 %).

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2015-385-33998-264361

Referências bibliográficas
  • [1] ASCARI, J.; SENS S.L.; NUNES, D.S. Sedative effects of essential oils obtained from Baccharis uncinella. Pharm. Biol., v. 50(1), p.113-119, 2012.
  • [2] BIESAGA, M. Influence of extraction methods on stability of flavonoids. J. Chromatogr. A, v. 1218(18), p.2505-2512, 2011.
  • [3] BUDEL, J.M.; DUARTE, M.R.; SANTOS, C.A.M. Progresso da pesquisa sobre o gênero Baccharis, Asteraceae: I – Estudos botânicos. Rev. Bras. Farmacogn., v.15(3), p. 268-271, 2005.
  • [4] BRAND-WILIAMS, W.; CUVELIER, M.E.; BERSET, C. Use of a free radical method to evaluate antioxidant activity. Food Sci. Technol., v. 28, p. 25-30, 1995.
  • [5] CASSEL, E.; VARGAS, R.M.F.; BRUN, G.W.; Processos de Extração Supercrítica Aplicados a Produtos Naturais In: Fundamentos de Tecnología de Productos Fitoterapéuticos (2Edn). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2008, p. 213-228.
  • [6] CECHINEL, V., YUNES, R.A. Estratégias para a obtenção de compostos farmacologicamente ativos a partir de plantas medicinais. Conceito sobre modificação estrutural para otimização da atividade. Quim. Nova, v. 21, 1998.
  • [7] FUNARI, C.S., FERRO, V.O. Análise de própolis. Ciênc. e Tecnol. Aliment. , v. 26(01), p.171-178, 2006.
  • [8] HUANG, Z.; SHI, X-h.; JIANG, W-j. Theoretical models for supercritical fluid extraction. J. Chromatogr. A, v. 1250, p.2-26, 2012.
  • [9] OLIVEIRA, S.Q., DAL-PIZZOL, F., GOSMANN, G. Antioxidant activity of Baccharis articulata extracts: isolation of a new compound with antioxidante activity. Free Radical Research, v. 37, p. 555-559, 2003
  • [10] PIANTINO, C.R.; AQUINO, F.W.B.; FOLLEGATIi-ROMERO, L.A.; CABRAL, F.A. Supercritical CO2 extraction of phenolic compounds from Baccharis dracunculifolia. J. Supercritic. Fluids, v. 47, p. 209-214, 2008.
  • [11] VILA, F.C. Identificação dos flavonoides com atividade antioxidante de cana-de-açucar. São Paulo. 2006. 68p. Dissertação (Mestrado em Química Analítica). Instituto de Química, Universidade de São Paulo, Brasil.
Como citar:

Sanvido, M.E.; Scopel, J.M.; Cassel, E.; Lucas, A.M.; "ANÁLISE COMPARATIVA DO TEOR DE FLAVONOIDES E DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DE EXTRATOS DE BACCHARIS UNCINELLA OBTIDOS POR EXTRAÇÃO SUPERCRÍTICA E MACERAÇÃO.", p. 708-713 . In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.3]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2015-385-33998-264361

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações