Poster - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

ACESSIBILIDADE NO AMBIENTE CONSTRUÍDO: UM ESTUDO DE CASO NO PARQUE ZOOBOTÂNICO ARRUDA CÂMARA

ACCESSIBILITY IN THE BUILT ENVIRONMENT: A CASE STUDY IN THE PARK ZOOBOTANICO ARRADA CAMARA

MEDEIROS, Adriana Araujo; MACÊDO, Cláudia Galdino; MAIOR, Mônica Maria Souto; JÚNIOR, Aarão Pereira Araujo;

Poster:

A acessibilidade envolve perspectivas arquitetônicas, comunicacionais, programáticas e atitudinais, devendo ser vista sob uma perspectiva global de forma sistêmica. Considerando o que foi exposto, este projeto busca responder quais problemas que devem ser solucionados para tornar o Parque Zoobotânico Arruda Câmara (BICA) na cidade de João Pessoa, um local acessível que promova de forma confortável e segura a visitação de portadores de limitações especiais e os não-portadores, aos diversos locais de visitação. Diante deste problema, este projeto abordou questões relativas à apropriação de espaços públicos urbanos, especificamente, a fim de verificar as necessidades e barreiras existentes que dificultam a mobilidade interna no parque, refletindo acerca de como esse ambiente deve ser pensado de forma comprometida com a acessibilidade físico-espacial de todos os visitantes.

Poster:

Accessibility involves architectural , communication , attitudinal and programmatic perspectives and must be viewed from a global perspective in a systematic way . Whereas the foregoing, this project seeks to answer what problems to be solved to make the Zoo and Botanical Park Arruda Camera ( BICA ) in the city of João Pessoa, an accessible location that promotes a comfortable and safe way to visitation with special limitations and non-carriers , the various places of visitation. Faced with this problem, this project addressed issues relating to the appropriation of urban public spaces, specifically in order to verify the existing needs and barriers to internal mobility in the park, reflecting on how this environment should be thought of committed way to accessibility physical space of all visitors.

Palavras-chave: Acessibilidade, Parque zoobotânico, Design universal, Espaços públicos, Accessibility, Zoo and botanical park, Universal design, Public space,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/15ergodesign-220-E082

Referências bibliográficas
  • [1] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9050: Acessibilidade de Pessoas Portadoras de Deficiências a Edificações, Espaço, Mobiliário e Equipamento Urbano. Rio de Janeiro: ABNT, 2004.
  • [2] CAMBIAGHI, S. Desenho Universal: Métodos e Técnicas para Arquitetos e Urbanistas. Editora Senac. São Paulo, 2007
  • [3] IBGE. Censo Demográfico 2010: Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência. ISSN 0104-3145. Censo demogr. Rio de Janeiro, p.1-215, 2010. Disponível em: Andlt; http://censo2010.ibge.gov.br/Andgt;.
Como citar:

MEDEIROS, Adriana Araujo; MACÊDO, Cláudia Galdino; MAIOR, Mônica Maria Souto; JÚNIOR, Aarão Pereira Araujo; "ACESSIBILIDADE NO AMBIENTE CONSTRUÍDO: UM ESTUDO DE CASO NO PARQUE ZOOBOTÂNICO ARRUDA CÂMARA", p. 1563-1566 . In: Anais do 15º Ergodesign & Usihc [=Blucher Design Proceedings, vol. 2, num. 1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/15ergodesign-220-E082

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações