Resumo - Open Access.

Idioma principal

A questão da identidade sob o viés da Antropologia do político

BARRETO, Marcus Vinícius Rios;

Resumo:

A Antropologia do Político é um conceito proposto por Paula Montero, José Maurício Arruti e Cristina Pompa, fruto dos estudos realizados por estes autores sobre a relação entre cultura e política na contemporaneidade. Este conceito é uma ferramenta que permite analisar determinados fenômenos contemporâneos para os quais parece não mais existir a possibilidade de distinção entre aquilo que era identificado como cultura pela Antropologia clássica e o campo das práticas políticas. A Antropologia do Político possibilita compreender processos contemporâneos de reposição de alteridades em termos de identidades e a produção de linguagens de negociação que produzam consenso em torno dos modos coletivamente aceitáveis de convivência entre as diferenças. Nesse contexto, a afirmação e a negação de identidades escapam dos critérios tradicionais que cunharam uma visão substantiva de cultura. É importante adentrar nesse debate que traz à tona a crise do conceito de cultura no campo da Antropologia e a instrumentalização política que os agentes fazem na tentativa de ritualizar e negociar as categorias portadoras de identidades para a ação na esfera pública, fomentando uma articulação entre cultura e política.

Resumo:

Palavras-chave: Antropologia, Cultura, Política, Identidade,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/socsci-secunifesp-015

Referências bibliográficas
  • [1] HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DPAndamp;A, 2005.
  • [2] KUPER, Adam. Cultura, a visão dos antropólogos. Bauru, Edusc, 200
  • [3] MACAGNO, Lorenzo. “Uma antropologia do político?” In: Análise Social, 210, XLIX (1º), Universidade de Lisboa, 2014.
  • [4] MONTERO, Paula, ARRUTI, José Maurício e POMPA, Cristina. “Para uma antropologia do político”. In: A. G. Lavalle (org.). O horizonte da política: questões emergentes e agenda de pesquisa. São Paulo: Unesp, 2012.
  • [5] MONTERO, Paula. “Globalização, identidade e diferença.” In: Novos Estudos, nº 49, 1997.
  • [6] WOODWARD, Kathryn. “Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual.” In: Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2013.
Como citar:

BARRETO, Marcus Vinícius Rios; "A questão da identidade sob o viés da Antropologia do político", p. 79-87 . In: Anais do VII Semana de Ciências Sociais UNIFESP - (des)Identidade Nacional [=Blucher Social Science Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-2990, DOI 10.5151/socsci-secunifesp-015

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações