Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

A ACESSIBILIDADE EM PROJETOS HABITACIONAIS DE INTERESSE SOCIAL: UMA EXPERIÊNCIA DE ENSINO NO CURSO TÉCNICO DE EDIFICAÇÕES DO IFBA – CAMPUS FEIRA DE SANTANA.

ACCESSIBILITY IN SOCIAL HOUSING PROJECTS: A TEACHING EXPERIENCE IN TECHNICAL COURSE IN BUILDING FROM IFBA- FEIRA DE SANTANA CAMPUS

FULGÊNCIO, Vinícius; VILLAROUCO, Vilma;

Artigo:

Projetos habitacionais de interesse social costumam apresentar áreas reduzidas devido aos custos. Apesar desses condicionantes é preciso e possível desenvolver esses tipos de ambiente adaptados ao usuário. Nesse contexto, foi realizada, com os alunos do Curso Técnico Médio em Edificações do IFBA – Campus Feira de Santana, uma atividade de produção habitacional de baixo custo, mas que considerasse aspectos como ventilação, insolação, instalações, dimensionamento, atividades e acessibilidade. Assim, o presente trabalho intenta, a partir das analises, verificar os níveis de acessibilidade das propostas no intuito de averiguar a aprendizagem desse conteúdo específico.

Artigo:

Housing schemes which have social interest usually introduce downscaled areas because of the costs. Despite of these constraints it is necessary and also possible to develop these kinds of spaces adapted to the users. In this context, it was held with the students of Technical Course in Building from IFBA - Campus Feira de Santana, a housing production activity of low cost but considering aspects such as ventilation, heat, facilities, design, activities and affordability. Therefore this study aims, from the analysis, check the accessibility levels of the proposals in order to investigate the learning of this specific content.

Palavras-chave: Acessibilidade, Habitação Social, Projeto Arquitetônico, Ensino de Projeto , Accessibility,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/15ergodesign-25-E063

Referências bibliográficas
  • [1] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9.050: Acessibilidade de pessoas portadoras de deficiências a edificações, espaço, mobiliário e equipamentos urbanos. Rio de Janeiro, 2004.
  • [2] BERNARDI, Núbia et al. O desenho universal no processo de projeto. In: Doris C.C.K.Kowaltowski, Daniel de Carvalho Moreira, João R.D.Petreche, Mário M. Fabricio (Orgs.). O processo do projeto em arquitetura. São Paulo: Oficina de textos, 2011.
  • [3] BINS ELY, V. H. M., DISCHINGER, M., MATTOS, M. L. Sistemas de Informação Ambiental – Elementos Indispensáveis para Acessibilidade e Orientabilidade. Anais do ABERGO 2002 – VI Congresso Latino- Americano de Ergonomia e XII Congresso Brasileiro de Ergonomia. Recife, 2002.
  • [4] BRANDÃO, Carlos. Linguagem e arquitetura: o problema do conceito. Minas Gerais, 2003.
  • [5] BRASIL. Presidência da República/Casa Civil/ Subchefia para Assuntos Jurídicos. Decreto nº 90.922, de 6 de fevereiro de 198 Disponível em : http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/antigos/d90922.htm, acessado em: 12/12/2014.
  • [6] CHING, Francis D. K.. Arquitetura, Forma, Espaço e Ordem. São Paulo: Martins Fontes, 1998.
  • [7] COUTINHO, E. O Espaço da Arquitetura. São Paulo: Perspectiva, 197
  • [8] DE CARVALHO, G. L. Ambientes Cognitivos para Projetação: um estudo relacional entre as mídias tradicional e digital na concepção do projeto arquitetônico. 260f. Tese (doutorado) – Universidade Federal de Pernambuco. CAC. Desenvolvimento Urbano, 2004.
  • [9] DE SOUZA, Flávio et al. Limites e potencialidades do instituto das ZEIS em Recife na resolução de conflitos por demandas habitacionais: uma revisão crítica. XXVIII Congresso Internacional ALAS. UFPE, Recife-PE, 2011.
  • [10] DEL RIO, Vicente. Arquitetura: Pesquisa Andamp; Projeto. Ed. PROARQ/FAU/UFRJ e Proeditores, 1998.
  • [11] DORNELES, Vanessa et al. Ensino de desenho universal em cursos de arquitetura e urbanismo no Brasil. In: Cláudia Mont’Alvão e Vilma Villarouco (Orgs.). Um novo olhar para o projeto: a ergonomia no ambiente construído – Recife: Editora UFPE, 2014. 247p.
  • [12] DOS SANTOS,Caroline. De cima para baixo e de baixo para cima: intervenção estatal e investimentos habitacionais em assentamentos de baixa renda do Recife. Recife: O autor, 2011.
  • [13] INSTITUTO FEDERAL DA BAHIA (IFBA). Plano de Curso de Edificações modalidade Integrada do IFBA - Feira de Santana, 2011.
  • [14] JACQUES, Paola Berenstein. Estética da ginga: A arquitetura das favelas através da obra de Hélio Oiticica. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003.
  • [15] KOWALTOWSKI, Doris et al. Arquitetura escolar e seu processo de projeto. In: Doris C.C.K.Kowaltowski, Daniel de Carvalho Moreira, João R.D.Petreche, Mário M. Fabricio (Orgs.). O processo do projeto em arquitetura. São Paulo: Oficina de textos, 2011.
  • [16] LEITE, Luiz Carlos. Avaliação de projetos habitacionais: determinando a funcionalidade da moradia social. São Paulo: Ensino Profissional, 2006. 161p.
  • [17] NOBERG SCHULZ, Christian. El significado de la Arquitectura Occidental. Colección Summa. La arquitectura Paleocristiana. Buenos Aires, 1973.
  • [18] OLIVEIRA, Gilberto; MONT’ALVÃO, Cláudia. Método e metodologia projetual: o que dizem os profissionais de design de interiores e arquitetos sobre o processo?. In: Cláudia Mont’Alvão e Vilma Villarouco (Orgs.). Um novo olhar para o projeto: a ergonomia no ambiente construído – Recife: Editora UFPE, 2014. 247p.
  • [19] RAPOSO, Maria Monica. Casa mínima e projeto em Santana-Parnamirim. Recife : Editora UFPE, 2012.117p.
  • [20] SÃO PAULO (PREFEITURA). Secretaria da Habitação e Desenvolvimento Urbano. Comissão Permanente de Acessibilidade. Manual de Desenho Universal: habitação de interesse social. São Paulo, nd.
  • [21] SILVA. Elvan. Uma introdução ao projeto arquitetônico. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 1991.
  • [22] VOORDT, T. JM van der; WEGEN, H. BR van. Architecture in Use: An Introduction to the Programming, Design and Evaluation of Buildings. United Kingdon: Elsevier, 2005.
  • [23] ZEVI, Bruno. Saber Ver a Arquitetura. São Paulo, Ed. Martins Fontes, 1996.
Como citar:

FULGÊNCIO, Vinícius; VILLAROUCO, Vilma; "A ACESSIBILIDADE EM PROJETOS HABITACIONAIS DE INTERESSE SOCIAL: UMA EXPERIÊNCIA DE ENSINO NO CURSO TÉCNICO DE EDIFICAÇÕES DO IFBA – CAMPUS FEIRA DE SANTANA.", p. 164-175 . In: Anais do 15º Ergodesign & Usihc [=Blucher Design Proceedings, vol. 2, num. 1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/15ergodesign-25-E063

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações