Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

PROJETO INCLUSIVO NOVA AURORA: ARTE E DESIGN COMBATENDO ESTIGMATIZAÇÃO DA DOENÇA MENTAL

NOVA AURORA INCLUSIVE PROJECT: ART AND DESIGN FIGHT MENTAL ILLNESS STIGMATIZATION

Rodrigues, Yago W.; Boelter, Valéria; Neves, Liliana; Medonça, Rui; Franqueira, Teresa;

Artigo Completo:

A estigmatização continua a ser uma palavra de peso em nossa sociedade, quando se fala de pessoas com doenças mentais. Combatê-la é fundamental para apoiar os doentes e as associações que os suportam, a meio de lhes conceder direitos de igualdade social. Assim, o projeto Nova Aurora, serve-se do design para criar oportunidades de inclusão através da pintura em cerâmica, permitindo que a arteterapia possa intervir. O projeto tem ainda como objetivo gerar rentabilidade para a Associação Nova Aurora, possibilitando que as peças produzidas pelos doentes tenham qualidade estética, controlada pela técnica mocha diffusion, e que possam ser vendáveis. Foi realizada uma revisão da literatura, bem como uma investigação junto da instituição que servem de análise sustentada para o projeto e artigo. Os resultados obtidos permitem perceber que é possível combater a estigmatização da doença, cuidando da saúde mental dos doentes e gerando retorno financeiro.

Artigo Completo:

Stigmatization continues to be a heavy word in our society, when it comes to people with mental illness. Fight her is essential, to support patients and association who support them, to conquer social equal rights. The Nova Aurora Project, use the design to create inclusion opportunities throughout ceramic painting, allowing that therapy art intervene. The project aims to generate profit for Nova Aurora Association, enabling the produced product by patients to have aesthetic quality, controlled by the mocha diffusion technique, to sale. It was made a literature review, as well as an investigation in the institution, which sustain the project and the article. The results show that is possible to fight the stigmatization of the disease, taking care of the mental health of the patients and Giving financial profit.

Palavras-chave: Arterapia, pintura cerâmica, técnica mocha diffusion,

Palavras-chave: therapy art, ceramic painting, mocha diffusion technique,

DOI: 10.5151/16ergodesign-0076

Referências bibliográficas
  • [1] ANARP. Associação Nova Aurora na Reabilitação e Reintegração Psicossocial. Disponível em: http://www.anarp.org.pt/. Acessado em: 10/03/2017.
  • [2] ANDRADE, L. Q. Terapias expressivas. São Paulo: Vetor, 2000.
  • [3] ANTONELLI, Márcia Cristina Quaiatti. Vivenciando a arte e a criatividade na instituição. Rev. Saberes Univ. Campinas, SP v.1 n.1 p.63-77 mar, 2016.
  • [4] BARNES, Sara. Mesmerizing Pottery Technique Suddenly Transforms a Drop of Liquid into a Blooming Tree, 2016. Disponível em: http://mymodernmet.com/kevin-kowalski-pottery/. Acessado em: 23/02/2017.
  • [5] CARPENTIER, Donald; Jonathan Rickard. Slip Decoration in the Age of Industrialization. In: Ceramics in America, Milwaukee, 2001.
  • [6] CARVALHO, Álvaro Andrade de. Portugal - Saúde Mental em números - 2013. Direção geral da saúde. 2013.
  • [7] COQUEIRO, N.F.; VIEIRA, F.R.R.; FREITAS M.M.C. Arteterapia como dispositivo terapêutico em saúde mental. Acta Paul Enferm, v. 23(6), p.859-62, 2010.
  • [8] CORRIGAN, P. W.; SOKOL, K. A.; RÜSCH, N. The impact of self-stigma and mutual help programs on the quality of life of people with serious mental illnesses. Community Mental Health Journal, v. 49, n. 1, p. 1–6, 2013.
  • [9] CORRIGAN, P. W.; WATSON, A M. Y. C.; BARR, L. the Self – Stigma of Mental Illness : Implications for Self – Esteem and Self – Efficacy. Journal of Social and Clinical Psychology, v. 25, n. 9, p. 875–884, 2006.
  • [10] DUFFHUES, Josée e Victor, Pottery Store. S.n.t. Peças de vasos. Disponível em: http://www.gobc.ca/potterystore. Acessado em: 27/03/2016.
  • [11] FALCATO, Jorge, BISPO, Renato. Design Inclusivo – acessibilidade e usabilidade de produtos, serviços e ambientes. Edição: Centro Português de Design, 2006.
  • [12] FERREIRA, R.C.R. A arteterapia como estratégia de tratamento.Revista Panorama em Psiquiatria, ano 3, p.4-7, 2000.
  • [13] FIFE, B. L.; WRIGHT, E. R. The Dimensionality of Stigma: A Comparison of Its Impact on the Self of Persons with HIV/AIDS and Cancer. Journal of Health and Social Behavior, v. 41, n. 1, p. 50–67, mar. 2000.
  • [14] GELDER M.G et al. New Oxford Textbook of Psychiatry. 2nd ed. Oxford (UK): Oxford University Press; 2009.
  • [15] JUNG, C.G. O espírito na arte e na ciência. Petrópolis: Vozes. Coleção obras completas, v.15, 1991.
  • [16] KIRSCHBAUM, J. B., et al. Designing sidewalks and trails for access. Part I of II: Review of existing guidelines and practices. 1999.
  • [17] KOWALSKI, Kevin. 2015. Grupo aplicando técnica Mocha Diffusion. Disponível em: http://kevinkowalskipottery.weebly.com/workshop s.html. Acessado em: 26/03/2017
  • [18] LAFER B. et al. Depressão no Ciclo da Vida. ARTMED, Porto Alegre, 2000.
  • [19] LOPES, Tânia de Jesus Bailão. Arteterapia em Idosos: efeitos nas funções cognitivas. Dissertação, ISMT, 2011.
  • [20] MUELLER, B. et al. Social support modifies perceived stigmatization in the first years of mental illness: A longitudinal approach. Social Science & Medicine, v. 62, n. 1, p. 39–49, jan. 2006.
  • [21] NETO, A. et al. Apoio à família no processo terapêutico do doente esquizofrénico. (Unidade de Investigação em Saúde, Escola Superior de Saúde de Leiria, Eds.) Congresso Internacional de Saúde do IPLeiria. Anais.Leiria: Instituto Politécnico de Leiria, 2012
  • [22] NOTO, A. R. et al. Implicações da relação entre estigma internalizado e suporte social para a saúde: Uma revisão sistemática da literatura. Estudos de Psicologia, v. 19, n. 1, p. 1–88, 2014.
  • [23] PHILIPPINI, AA. Transdisciplinaridade e arteterapia. In: Ornazzano G, organizadora. Questões de arteterapia. Passo Fundo: UPF; p.11-7, 2004.
  • [24] PRODANOV, Cleber C; FREITAS, Ernani C. de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico, 2. ed. – Novo Hamburgo: Feevale, 2013.
  • [25] REIS, Alice Casanova dos. Arteterapia: a arte como instrumento no trabalho do Psicólogo. Psicol. ciênc. prof, v. 34 (1), 142-157, 2014.
  • [26] SANTIN, Aida Maria Pereira Ceresér; KEILA, Maria Mendes; ROSA, Adriane Bazzanella. Adesão ao tratamento no transtorno bipolar. Revista de psiquiatria clínica. São Paulo. Vol. 32, supl. 1,, p. 105-109, 2005.
  • [27] SUTTON, Robert I.; HARGADON, Andrew. Brainstorming groups in context: Effectiveness in a product design firm. Administrative Science Quarterly, p. 685-718, 1996.
  • [28] VALLADARES, A.C.A. et al.. Arteterapia em saúde mental. In: Jornada Goiana de Arteterapia, 2, 2008, Goiânia. Anais. Goiânia: FEN/UFG/ABC; cap. 13. p. 114-22, 2008.
Como citar:

Rodrigues, Yago W.; Boelter, Valéria; Neves, Liliana; Medonça, Rui; Franqueira, Teresa; "PROJETO INCLUSIVO NOVA AURORA: ARTE E DESIGN COMBATENDO ESTIGMATIZAÇÃO DA DOENÇA MENTAL", p. 776-788 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/16ergodesign-0076

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações